Vidas dependem do seu conhecimento científico

Autores

Resumo

O conhecimento científico é movido de forma simples pela curiosidade de abrir novas fronteiras, de se tornar mais prodígios, mas que a curto ou longo prazo, possa gerar valor e qualidade de vida para a humanidade.

O conhecimento científico é muito importante para quem faz ciência e também a sociedade, pois a partir dele que é possível uma transformação social e tecnológica. O conhecimento científico gerado pelos profissionais e acadêmicos das áreas da saúde consolida o saber e desafia cada vez mais as estruturas cristalizadas a modificarem suas ideologias tidas como verdades incondicionais.

Devemos popularizar sempre a ciência como ferramenta de comunicação científica e eficaz, transmitindo o conhecimento científico a várias pessoas de diferentes públicos.

Por isso vidas dependem do seu conhecimento cientítico, pois as pessoas precisam de melhor qualidade de vida e para que isso aconteça cada vez mais e melhor, a sociedade tem que consumir mais ciência, ler mais artigos científicos.

Partindo desta primícia a Revista Remecs, reafirma a disseminação do conhecimento e te convida para publicar aqui suas produções, seu manuscrito pode ser visto por milhares de pessoas de diversos países do mundo, assim o seu conhecimento ajuda a  transformar vidas e, contribui significativamente para a construção de um mundo melhor.

Tenha uma boa leitura.

Biografia do Autor

Luiz Faustino dos Santos Maia, Instituto Enfservic

Enfermeiro. Mestre em Terapia Intensiva. Docente no Centro Universitário Estácio de São Paulo, Docente e Coordenador do Curso de Enfermagem na Faculdade Estácio de Carapicuíba. Discente do Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde do IAMSPE. Editor Científico.

Publicado

30-06-2022
Métricas
  • Visualizações 0
  • pdf downloads: 0

Como Citar

MAIA, L. F. dos S. Vidas dependem do seu conhecimento científico. Revista Remecs - Revista Multidisciplinar de Estudos Cientí­ficos em Saúde, [S. l.], v. 7, n. 12, p. 2, 2022. Disponível em: https://revistaremecs.com.br/index.php/remecs/article/view/813. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Editorial