Assistência de enfermagem às crianças e adolescentes com insuficiência renal crônica: uma revisão integrativa da literatura

Danielle Galdino de Souza, Marcia Lopes da Silva, Marina Tomasi, Milene Maria Ferreira, Nithya Deyelly Batista Neves Guidão, Sebastião Andrade e Silva

Resumo

Analisar sobre a os cuidados de enfermagem às crianças e adolescentes com insuficiência renal crônica. Trata-se de uma revisão de literatura integrativa baseada na pesquisa bibliográfica, sendo este um método que permite a reunião de produções científicas acerca da temática, realizada a partir do levantamento de referências teóricas publicadas, no período de 2008 a 2018, em obras, artigos científicos e páginas eletrônicas, permitindo a coleta de informações de trabalhos já publicados. É papel do enfermeiro nefrologista manter uma relação interpessoal entre paciente-família, porque assim é possível humanizar a assistência e oferecer um cuidado individualizado. Diante disso, ressalta-se que a comunicação é fundamental para tornar os clientes mais confiantes e confortáveis para expressar suas angústias, possibilitando uma reflexão positiva ao tratamento. A humanização nas práticas assistenciais consegue permitir sobre o cuidar e o ser cuidado, assim sendo colocar esta população pediátrica em contato com a realidade, apoiando durante o processo de terapêutico, elaborando palestras e cartilhas educativas, informando e orientando sobre sua doença e tratamento, buscando diminuir o sentimento de ansiedade.

Descritores: Doença Renal, Enfermeiro, Humanização.

 

Nursing care for children and adolescents with chronic renal failure: an integrative review of the literature

Abstract: To analyze nursing care in children and adolescents with increased chronic renal pressure. This is a literature review based on bibliographical research, which is a method that allows the accomplishment of a scientific production on the subject, carried out from the survey of published references, from 2008 to 2018, in works, scientific and electronic pages, allowing a collection of information of works already published. The role of the nephrologist nurse maintains an interpersonal relationship between patient-family, because it is thus possible to humanize care and provide individualized care. Therefore, communication is fundamental to make clients more confident and comfortable for their networks, enabling a positive approach to treatment. Humanization in care practices is a tool to support decision making, with emphasis on the therapeutic process, elaborating lectures and educational booklets, informing and guiding about their illness and treatment, seeking to reduce the feeling of anxiety.

Descriptors: Renal Disease, Nurse, Humanization.

 

Asistencia de enfermería a los niños y adolescentes con insuficiencia renal crónica: una revisión integrativa de la literatura

Resumen: Analizar sobre los cuidados de enfermería a los niños y adolescentes con insuficiencia renal crónica. Se trata de una revisión de literatura integrativa basada en la investigación bibliográfica, siendo este un método que permite la reunión de producciones científicas acerca de la temática, realizada a partir del levantamiento de referencias teóricas publicadas, en el período de 2008 a 2018, en obras, artículos científicos y páginas electrónicas, permitiendo la recolección de informaciones de trabajos ya publicados. Es papel del enfermero nefrologista mantener una relación interpersonal entre paciente-familia, porque así es posible humanizar la asistencia y ofrecer un cuidado individualizado. Por eso, se destaca que la comunicación es fundamental para hacer que los clientes sean más confiados y cómodos para expresar sus angustias, posibilitando una reflexión positiva al tratamiento. La humanización en las prácticas asistenciales logra permitir sobre el cuidar y el ser cuidado, así siendo colocar esta población pediátrica en contacto con la realidad, apoyando durante el proceso de terapéutico, elaborando charlas y cartillas educativas, informando y orientando sobre su enfermedad y tratamiento, buscando disminuir el sentimiento de ansiedad.

Descriptores: Enfermedad Renal, Enfermero, Humanización.

Texto completo:

PDF

Referências

Abreu IS, et al. Crianças e adolescentes com insuficiência renal em hemodiálise: percepção dos profissionais. Rev Bras Enferm. 2015; 68(6):712-718.

Azevedo SM, et al. Insuficiência renal crônica: análise do binômio enfermeiro portador de IRC. Persp Online: Biol & Saúde, 2015; 19(5):11-34.

Pennafort VPS, Queiroz MVO. Componentes clínicos associados aos cuidados de enfermagem a crianças e adolescentes com doença renal crônica. Rev Rene. 2012; 12(4):758-766.

Batista AF, et al. Conhecimento, atitude e prática dos cuidadores de crianças e adolescentes em hemodiálise ou diálise peritoneal. Rev Eletr Enferm. 2013; 18(2):1156-1164.

Vieira SS, et al. Doença renal crônica: conhecendo a experiência da criança. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2009; 13(1):74-83.

Maciel AC, Miranda JOF. Perfil de crianças e adolescentes com insuficiência renal crônica acompanhados em unidades de nefrologia. J Res: Fundam Care. 2013; 5(3):94-103.

Carvalho LOT, et al. Avaliação nutricional de crianças e adolescentes com doença renal crônica. Nutrire: Rev Soc Bras Alim Nutr = J Brazilian Soc Food Nutr. 2013; 38(1):27-37.

Ferreira MJAS, et al. O cuidado à criança com insuficiência renal: uma revisão integrativa da literatura. Cadernos de Graduação - Ciências Biológicas Saúde FACIPE. 2013; 1(1):37-49.

Branco CSN, Pamplona YAP. Diagnósticos de enfermagem em crianças portadoras de insuficiência renal crônica em tratamento hemodiálico. Rev Enferm Contemporânea. 2013; 2(1):103-111.

Lomba L, et al. Impacto da diálise peritoneal na família da criança com doença renal crónica: revisão integrativa da literatura. Rev Enferm Referência. 2014; 5(3):139-148.

Setz VG, et al. O Transplante Renal sob a ótica de crianças portadoras de insuficiência renal crônica em tratamento dialítico - estudo de caso. Acta Paul Enferm. 2008; 18(3):294-300.


Visualizações do PDF:

20 views


Visualizações do Resumo:

69 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2016 Revista Remecs - Revista Multidisciplinar de Estudos Científicos em Saúde. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud