CÂNCER DE COLO DE ÚTERO, FATORES QUE INTERVÉM NO DIAGNÓSTICO

Autores

  • Mayra Ribeiro dos Santos Serpa mayra0796santos@hotmail.com
  • Ianka Franciely Souza Barrêto ianka_franciely28@outlook.com
  • Márcia de Souza Tavares marcia.tavares20@hotmail.com
  • Rakel Maciel da Trindade rakel.trindade@outlook.com
  • Janezeide Carneiro dos Santos Borges janezeide@fasb.edu.br

Palavras-chave:

Câncer de Útero, Mulheres, Prevenção

Resumo

O câncer de colo de útero é considerado o quarto tipo de câncer mais comum no mundo, o mesmo tem uma grande associação ao papiloma vírus humano (HPV) no qual possui grandes potenciais carcinomas. Dentre as recorrências de óbitos se destaca o brasil por ser um país em desenvolvimento, porém hábitos de vida podem interferir nas alterações do exame cito patológico do colo do útero bem como, uso de tabaco, vida sexual precoce, não possuir sintomas referentes a doença, vergonha, nível de escolaridade baixo, baixa renda familiar. Objetivo: Descrever os fatores que interferem no diagnóstico do câncer de colo de útero. Material e Método: O presente estudo trata-se de uma revisão bibliográfica, realizada por meio da identificação, localização e compilação de artigos científicos, publicados em bases de dados LILACS, BDENF.  Após a leitura de títulos e resumos que correspondiam o objetivo. Compondo 3 LILACS e 2 BDENF. Os critérios de inclusão foram ser: em língua  portuguesa,  publicações  do  últimos  06  anos,  ter  relação  com  o  tema  da  pesquisa,  foram excluídos os textos que não correspondiam com o objetivo proposto. Como estratégia de busca foram utilizados descritores: câncer de útero and prevenção and mulheres. Resultados e Discussão: É notável que as mulheres apresentam altos riscos que interferem no diagnóstico do câncer de colo de útero, no qual os hábitos de vida interferem de forma clara e concisa nos fatores que interferem no diagnostico como o uso de tabaco, baixa renda, vida socioeconômica baixa, baixa escolaridade. Conclusão: Percebe-se que há inúmeras fragilidades que resultam nos fatores que interferem no diagnóstico do câncer de colo de útero resultando em taxas de incidências que levam a mortalidade desencadeada pela  doença.  Implicações  para  Enfermagem:  Dessa  forma  é  de  extrema  importância  que  sejam realizada intervenções educativas, por meio de divulgações orientações, para que as mulheres se sintam seguras a procurar as unidades básicas de saúde para seja feito o rastreamento das mesmas, para  que  se  possa  prestar uma assistência adequada e eficaz, diminuindo então os  fatores  que interferem posteriormente o diagnóstico de câncer de colo de útero.

Publicado

09-12-2021
Métricas
  • Visualizações 0
  • PDF downloads: 0

Como Citar

SANTOS SERPA, M. R. dos .; SOUZA BARRÊTO, I. F. .; SOUZA TAVARES, M. de .; TRINDADE, R. M. da .; SANTOS BORGES, J. C. dos . CÂNCER DE COLO DE ÚTERO, FATORES QUE INTERVÉM NO DIAGNÓSTICO. Revista Remecs - Revista Multidisciplinar de Estudos Cientí­ficos em Saúde, [S. l.], p. 117, 2021. Disponível em: http://revistaremecs.com.br/index.php/remecs/article/view/769. Acesso em: 6 jul. 2022.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.