A MULHER NO PROCESSO DE PARIR SIGNIFICANDO SUAS EXPERIÊNCIAS

Autores

  • Camila Soares Nucci camilanucci78@yahoo.com.br
  • Soraya El Hakim gui.nane@hotmail.com

Palavras-chave:

Parto Humanizado, Gestantes, Experiências

Resumo

Com os avanços tecnológicos, o parto passou a ser visto quase como uma patologia e a parturiente como uma paciente não participante ativa do processo de nascimento com técnica mecanizada e despersonalizada em detrimento ao estímulo, apoio e carinho a mulher que vivência essa experiência. Ainda se observa dificuldade de acesso aos serviços de saúde de qualidade para todas as mulheres, altos índices de morbimortalidade materna e neonatal, e níveis altíssimos de parto operatório. Humanização é um conceito de concepção que abrange um contexto para este estudo, assim adquirindo a percepção do cuidado obstétrico que respeite a afeição da fisiologia do parto e o papel principal da mulher nesse procedimento. Humanizar o parto é respeitar e criar condições para que todas as dimensões do ser humano sejam atendidas: espirituais, psicológicas, biológicas e sociais. Objetivo: Significar a experiência de mulheres que passaram pelo processo de humanização durante sua gestação e parto; buscando analisar através da pesquisa a identificação de fatores que dificultem o processo de humanização. Material e Método: Trata-se de uma pesquisa qualitativa para buscar em profundidade a essência da linguagem dessas mulheres e através da teoria fundamentada nos dados ocorrerá à aplicação de questionário aberto, coleta dos dados, tabulação, tratamento e análise dos mesmos. Resultados e Discussão: A institucionalização do parto e os avanços tecnológicos e científicos da contribuíram para as mudanças que o ciclo gravídico-puerperal sofreu, em que o uso dessas novas tecnologias passou a ser sinônimo de cuidado qualificado. Percebendo a presença do acompanhante como benéfica no processo de trabalho de parto/nascimento, esta foi vista como um diferencial no modelo de parto humanizado, capaz de proporcionar parturiente inúmeros benefícios durante todo o processo. Conclusão: O parto humanizado, é considerado como uma experiência para além da experiência física, centrada na sua mente, proporciona às mulheres força para lidar com a parturição. A Experiência vivenciada foi bastante rica, permitiu compreender a realidade da assistência ao trabalho de parto e parto refletindo sobre a necessidade e possibilidade de potencializar a qualidade dessa assistência. Os depoimentos apontam para o desejo de vivenciar o parto da maneira mais “natural” possível, chamam a atenção a ênfase dada à liberdade e ao reconhecimento das singularidades. Implicações para Enfermagem: O parto humanizado, é considerado como uma experiência para além da  experiência  física,  centrada  na  sua  mente,  proporciona  às  mulheres  força  para  lidar  com  a parturição, demonstrando confiança na sua capacidade de lidar com o trabalho de parto, assim o profissional de enfermagem tem papel desafiador na promoção da saúde assim como fazer valer suas vontades e necessidades.

Publicado

09-12-2021
Métricas
  • Visualizações 0
  • PDF downloads: 0

Como Citar

SOARES NUCCI, C. .; EL HAKIM, S. A MULHER NO PROCESSO DE PARIR SIGNIFICANDO SUAS EXPERIÊNCIAS. Revista Remecs - Revista Multidisciplinar de Estudos Cientí­ficos em Saúde, [S. l.], p. 111, 2021. Disponível em: http://revistaremecs.com.br/index.php/remecs/article/view/763. Acesso em: 30 jun. 2022.