O PAPEL DO ENFERMEIRO NA CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE O PARTO

Autores

  • Laíza Tonello Brindo da Cruz laiza.cruz@mail.usf.edu.br
  • Tainara Caroline Dalarme tainara.dalarme@mail.usf.edu.br
  • Ana Laura Bataglioli ana.bataglioli@mail.usf.edu.br
  • Stefany Giffoni Prokopczuk stefany.prokopczuk@mail.usf.edu.br
  • Daisy Machado daisy.machado@usf.edu.br
  • Silmara Alves de Souza silmara.alves@usf.edu.br

Palavras-chave:

Parto, Saúde da Mulher, Educação

Resumo

Parto é um momento esperado e tão sonhados pelas gestantes. A educação acerca de como será este momento é de extrema importância, pois muitas das vezes, a gestante elabora expectativas com base em gestações anteriores ou informações recebidas. O enfermeiro torna-se fundamental na desmistificação de tabus e de informações que não são fidedignas, implementando práticas  que  promovam  a  educação  continuada  no  pré-natal,  bem  como  melhoria  do  acesso  e qualidade do acompanhamento ao parto, contribuindo para garantia dos direitos da gestante, sua família e seus aspectos fisiológicos antes e após o parto, fazendo com que ela se sinta capaz de reconhecer e de expressar suas opiniões e fazer escolhas baseadas nas suas vontades. Objetivo: Propor práticas educativas que promovam a atenção adequada da equipe de enfermagem em relação a educação permanente ao parto e o processo de parir.   Material e Método: O presente projeto foi aprovação pelo Comitê de Ética (CAAE: 47600021.4.0000.5514). Foi elaborada uma cartilha educativa com assuntos associados a práticas educativas no pré e pós-natal incluindo o parto e os direitos da gestante. Posteriormente, serão criados conteúdos digitais no Youtube. É necessário ressaltar que todos os materiais contêm e conterão linguagem acessível para a população, visando atender comunidade com baixa escolaridade. Além disso, coletar-se-á dados antes e depois da realização das práticas  educativas,  a  partir  de  instrumento  padrão  previamente  elaborado  que  direcionará  a assistência e permitirá realizar um levantamento sobre o impacto da inserção de práticas educativas sobre o parto. Resultados e Discussão: O projeto está em andamento, portanto como resultado tem-se o desenvolvimento da cartilha. Esta contém tópicos sobre os tipos de parto oferecidos pelo SUS e quais as posições para parir, os direitos da mulher e do acompanhante, as fases do trabalho de parto e métodos para alivio da dor no parto. Por fim, foram usadas diversas imagens ilustrativas de modo, a facilitar a compreensão do público, uma vez que o Brasil contém 11 milhões de pessoas analfabetas e analfabetas funcionais, de acordo com levantamento realizado pelo IBGE em 2020. Conclusão: A elaboração do material é uma ferramenta muito importante para a compreensão dos direitos e deveres que a gestante possui. Implicações para a Enfermagem: O enfermeiro educando a gestante traz implicações sobre a conscientização do parto, bem como a prevenção para diminuição de ocorrência de mortes maternas e do bebê durante o parto e pós parto, contribuindo também com o sistema de saúde, diminuindo o tempo e gastos com internação da mãe e do bebê. O conhecimento advindo contribuirá para uma assistência de qualidade e para construir elementos essências para que a mulher esteja preparada para seu parto e também futuras gestações.

Publicado

09-12-2021
Métricas
  • Visualizações 0
  • PDF downloads: 0

Como Citar

BRINDO DA CRUZ, L. T. .; CAROLINE DALARME, T.; BATAGLIOLI, A. L. .; GIFFONI PROKOPCZUK, S. .; MACHADO, D. .; ALVES DE SOUZA, S. . O PAPEL DO ENFERMEIRO NA CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE O PARTO. Revista Remecs - Revista Multidisciplinar de Estudos Cientí­ficos em Saúde, [S. l.], p. 41, 2021. Disponível em: http://revistaremecs.com.br/index.php/remecs/article/view/693. Acesso em: 30 jun. 2022.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.