IMPACTOS SOCIAIS DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA EM ENFERMAGEM

Autores

  • Janize Silva Maia janizecs@yahoo.com.br

Palavras-chave:

Avaliação em Saúde, Enfermagem, Pesquisa

Resumo

A ciência representa um processo de investigação empírica da realidade diante das evidências e da crítica dos pares, que apontam erros e realizam críticas metodológicas, capaz de produzir a melhor descrição possível da realidade num determinado momento histórico, com as melhores ferramentas disponíveis. O momento histórico e as evidências podem mudar, assim como as ferramentas podem ser melhoradas e, por isso, a sociedade pode mudar de ideia mediante as novas evidências, desde que essas evidências sejam robustas. A ciência, portanto, não é uma questão de opinião, de ponto de vista e, sim, o conhecimento atento e aprofundado de algo, que exige busca, averiguação e dinamismo. Neste contexto está a pesquisa, palavra que deriva do termo perquirere (latim) que significa “procurar com  perseverança  e  empenho”  e,  por  isso,  necessita  da  aplicação  rigorosa  do  método  pelo pesquisador. No ambiente acadêmico, a pesquisa é um dos pilares onde os pesquisadores têm como objetivo produzir conhecimento para uma disciplina acadêmica. Contextualizando, a pesquisa produz resultados novos e relevantes para o interesse social, logo, contribui para o avanço da ciência e para o desenvolvimento social.  A Enfermagem é a arte e a ciência do cuidar com respeito à vida, a dignidade e os direitos humanos, em todas as suas dimensões, comprometimento com a saúde e a qualidade de vida da pessoa, família e coletividade, atuação na promoção, prevenção, recuperação e reabilitação da saúde, com autonomia e em consonância com os preceitos éticos e legais. Florence Nightingale, marco da Enfermagem, baixa o índice de mortalidade de 40% para menos de 5% e este foi um impacto significativo na sociedade. As novas perspectivas da Enfermagem no século XXI, como - Aquisição de novas competências, - Adesão a novos modelos gerenciais e assistenciais, - Padronização da linguagem e; - Incentivo ao autodesenvolvimento e autoconhecimento, resultaram no surgimento de uma série de necessidades, pautada nos resultados. O impacto social da pesquisa relaciona-se com a utilização instrumental (mudança de comportamentos embasada em resultados obtidos em uma pesquisa) e conceitual (que promove mudanças mais consistentes, uma vez resultam de estudos que modificam a forma de pensar do profissional) de um conhecimento produzido. A pesquisa, portanto gera conhecimento, capaz de transformar as pessoas, que são seres políticos e, estes, transformam o mundo mediante os desafios a serem vencidos: democratização do conhecimento e o livre acesso às publicações em Enfermagem; ler a realidade e construir novas práticas apoiando-se em conhecimentos e tecnologias já existentes e, exercitando a implementação de novas práticas de enfermagem.

Publicado

09-12-2021
Métricas
  • Visualizações 0
  • PDF downloads: 0

Como Citar

SILVA MAIA, J. IMPACTOS SOCIAIS DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA EM ENFERMAGEM. Revista Remecs - Revista Multidisciplinar de Estudos Cientí­ficos em Saúde, [S. l.], p. 13, 2021. Disponível em: http://revistaremecs.com.br/index.php/remecs/article/view/665. Acesso em: 6 jul. 2022.

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.