FATORES QUE CAUSAM ESTRESSE EM PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

Autores

  • Adriana da Silva Barbosa remeces1@mail.com
    Discente do Curso de Enfermagem da Faculdade Estácio de Carapicuíba
  • Simone Castro dos Santos mail@gmail.com
    Discente do Curso de Enfermagem da Faculdade Estácio de Carapicuíba
  • Tancrézia de Souza Lima mail@gmail.com
    Docente, Faculdade Estácio de Carapicuíba
  • Luiz Faustino dos Santos Maia mail@gmail.com
    Discente do Curso de Enfermagem da Faculdade Estácio de Carapicuíba

DOI:

10.24281/rremecs.2019.05.27a31.IIspccs2.40

Palavras-chave:

Estresse, Profissional de Enfermagem, Unidade de Terapia Intensiva

Resumo

O trabalho de equipes de profissionais de enfermagem em unidade de terapia intensiva pode ser considerado estressante, esses profissionais têm que lidar todos os dias com situações riscos e de alta complexidade, enfrentam altos níveis de estresse que podem vir a desenvolver patologias no futuro. Quando profissional fica submetido a eventos constantes ou excessivos de estresse, torna-se prejudicial podendo causar ao mesmo a sensação de desgaste mental e físico. A unidade de terapia intensiva é definida como um ambiente tenso, traumatizante e agressivo, a alta complexidade deste serviço provoca alto nível de ansiedade e tensão. Estudos apontaram que os profissionais de enfermagem atuantes em unidade em terapia intensiva estão em situações de vulnerabilidade para o desenvolvimento do quadro de estresse, pois a rotina destes profissionais é marcada variabilidade, incertezas, riscos, complexidade dos procedimentos, a responsabilidade em tomadas de decisões, ações rápidas, ansiedade dos profissionais, estes fatores podem ser possíveis geradores de estresse. Objetivo: Identificar os fatores que causam estresse ao profissional de enfermagem em unidade de terapia. Material e Método: Estudo de revisão da literatura, os artigos selecionados estavam disponíveis na base dados eletrônicos, em língua portuguesa e disponibilizados na íntegra; publicados entre 2014 e 2019, totalizando 5 artigos. Descritores utilizados: estresse, profissional de enfermagem, unidade de terapia intensiva. Resultados e Discussão: A partir das pesquisas e estudos desenvolvidos entre o grupo, foi possível identificar os principais fatores que causam estresse aos profissionais de enfermagem em unidade de terapia intensiva. Os principais fatores encontrados que causam estresse aos profissionais de enfermagem em unidade de terapia intensiva foram: Ambiente físico; relacionamento interpessoal; excesso de trabalho; gerenciamento da unidade  crítica; sofrimento e morte do paciente; insatisfação com o trabalho; tecnologia; a falta de recursos e materiais, falta de assiduidade e pontualidade, acúmulo de empregos; ruído excessivo, complexidade dos procedimentos; e remuneração inadequada. Estes fatores devem ser amenizados com medidas eficazes para reduzir os níveis de estresse a estes profissionais. Conclusão: O estresse está presente no cotidiano dos trabalhadores de enfermagem atuantes nas unidades de terapia intensiva, podendo  surgir  problemas  físicos  e  psíquicos.  Estes  fatores  estressores  devem  ser  analisados  e amenizados para que a equipe possa executar suas funções com eficiência, prazer e dignidade, podendo contribuir para a diminuição de doenças e do sofrimento da equipe. Implicações para Enfermagem: Desmotivação  pessoal  e  profissional;  esgotamento  físico  e  mental;  conflitos  pessoais  e  familiares; doenças ocupacionais; insatisfação com trabalho; tentativa de suicídio e morte.

Publicado

05-06-2019
Métricas
  • Visualizações 0
  • PDF downloads: 0

Como Citar

SILVA BARBOSA, A. da .; CASTRO DOS SANTOS, S. .; SOUZA LIMA, T. de .; SANTOS MAIA, L. F. dos . FATORES QUE CAUSAM ESTRESSE EM PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA. Revista Remecs - Revista Multidisciplinar de Estudos Cientí­ficos em Saúde, [S. l.], p. 40, 2019. DOI: 10.24281/rremecs.2019.05.27a31.IIspccs2.40. Disponível em: http://revistaremecs.com.br/index.php/remecs/article/view/225. Acesso em: 11 ago. 2022.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.